sábado, maio 16, 2015

Xia Qing Long Tang- Pequeno Dragão Azul




Acho fascinante os nomes exoticos de algumas formulas fitoterapeuticas...

É uma aventura cultural estudar MTC... Uma mistura de sabedoria ascestral e mistica , com conceitos energeticos muito à frente do nosso tempo, com uma precisão tão incisiva quanto inexplicavel...

Os professores antigos dizem que basta apenas um tratamento para curar qualquer patologia...Só é necessario estudar mil anos :D

Anyway, back to study! Just 997 years to go!






Jupiter Ascending




"What is meant to be always finds a way"

sexta-feira, maio 15, 2015

Tosse, a quanto obrigas...



A tossinha alérgica voltou, depois dum fim de semana de extravagancias em Lisboa.
Com massagens, mimos e guasha vamos voltando à normalidade...
O "mais kininho" também quis participar e pediu massagem e arrepios, que é uma versão suave, em que fica com os cabelinhos todos em pé.

E entre massagens:

-De quem é essa pintinha?
-É da mãe :)

O seu primeiro sinal apareceu no ombro esquerdo quando ele ainda era bébé...E ficou para mim... É o sinal da cumplicidade e do afeto que nos liga desde muitas Eras...


segunda-feira, maio 11, 2015

Happy Kidz!




Este fim de semana foi atipico.

O primogenito foi a Lisboa com o pai fazer o seu batismo no Estádio da Luz. Fascinado por futebol, e especialmente pelo Benfica, foi uma emoção só! Até entrevistado foi, a minha estrelinha.
A construir memórias lindas e perenes, numa experiencia singular e de companheirismo com o pai.

Quando decide discutir futebol comigo, sendo eu a unica "verde" da casa:

- A tua equipa perdeu mãe, a minha ganhou.
- Oh filho, eu não ligo a futebol
- Pois é, tu só gostas de yoga e meditação e essas coisas...
  (um olhar demorado, e um silencio de compasso de espera)
- Essas coisas giras e divertidas, mãe! :)

O meu pequeno cavalheiro, a tentar valorizar as esquisitices da mãe. Alguma coisa certa ando a fazer. ..

Entretanto, os Touros foram para Lisboa e os Carneiros ficaram à solta! :)
Passamos um fim de semana de ternura em que ele nem quis ir para a casa da Avó. Só as nossas rotinas e brincadeiras.
E foi o relembrar de alguns momentos da licença de maternidade, em que estavamos só os dois.
Não há nada mais doce nesta vida do que ter um filho a nos adormecer no colo. É uma sensação de tranquilidade e amor à mistura...

Entretanto ele pergunta: Mãe, posso desarrumar isto tudo?
-Sim, podes querido.
Olhou para mim com um sorriso maroto e acrescentou:
-"O pai não estáaaa!"...Legenda: Não há adultos em casa! :D...

Como sempre digo: Crianças serias, adultos problemáticos! 


Sacred Life