segunda-feira, agosto 11, 2014

Training day!

domingo, agosto 10, 2014

Once in a Full Moon



Que espetaculo maravilhoso , a lua cheia a reflectir-se na serenidade do mar...Não há lua mais linda do que a do pxo no Verão...
E é tempo de animação , movimento, amizades e festa do bolo do caco :)

Changing...

sexta-feira, agosto 08, 2014

quarta-feira, agosto 06, 2014

Twist and turn



Hoje foi dia de ser a anfitriã e guia turistica :)
Foi bom ver as mudanças na paisagem e também o que permaneceu igual. Tantos lugares lindos e tranquilos para meditar... Que lugar lindo para viver e morrer...
E claro, paragem obrigatoria na Calheta para degustação :D
Depois dum almoço ajantarado, espera-nos o quadradinho internacional!

terça-feira, agosto 05, 2014

E que diz "por favor" e "obrigado"

Quadradinho internacional



Neste quadradinho de areia, todos os anos reunem-se amigos feitos na praia, de varias nacionalidades. São as mães, os pais, os avós, os tios que se juntam à volta das suas crianças. Temos historias comuns, desafios e alegrias, que trocamos como pequenos retalhos da nossa vida.
É um cantinho "internacional" onde se juntam portugueses, ingleses e alemães...E curiosamente, não existem barreiras linguisticas entre as crianças. Brincam e divertem-se , entre gestos e sorrisos... Aos poucos chegam uns e partem outros...e ano após ano, partilhamos vivencias que ficam para sempre na memoria e no coração.


segunda-feira, agosto 04, 2014

domingo, agosto 03, 2014

Compaixão e humanidade




Uma das coisas que adoro no pxo é que o meu "quintal" é enorrrmmmee...Vai do centro da Vila até ao Porto de Abrigo...E todos os dias passeio de carrinho com o segundogénito, depois do almoço e do jantar. Normalmente somos so nós, a estrada e o vento a brincar com o meu cabelo. Aproveito para ouvir musica, sentir a paisagem. Adoro o cheio seco e adocicado da terra e os tons dourados de que se veste...

Hoje, cruzamo-nos com um senhor junto aos caixotes do lixo. Para tristeza minha o senhor revirava os sacos disfarçadamente, à procura de algo, provavelmente para saciar a fome... Fiquei sem saber o que fazer...Era um sentimento contrastante de compaixão e ao mesmo tempo de receio de ser "abelhuda" e constranger o senhor... E ia a revirar os pensamentos na minha cabeça...Como poderia ter agido? Um pequeno ato de bondade poderia ter feito a diferença? Ficou-me na memoria, o dia em que fui para o hospital, o olhar de compaixao e pena das enfermeiras que ainda tornou mais nitida em mim a minha desgraça. E a partir dai , comecei a ser mais comedida nas minhas intervençoes humanitarias, porque ironicamente, e com a melhor das intençoes, as enfermeiras tiraram-me da sala de espera onde estavam as gravidas e colocaram-me na sala de parto onde o Lucas nasceu...pior a emenda que o soneto...

Continuava o meu caminho a reflectir sobre o retorno carmico e a pensar que noutros momentos nem hesitei a partilhar aquilo que tinha com estranhos em dificuldades. E que o fiz de coração, sem esperar nada em troca. Eram pessoas, algumas, que nem um sorriso tinham para me dar, tal era a sua miseria... Teria valido a pena?

Entretanto, um policia que seguia na estrada parou-me. Achei comico porque foi aquela sensação que alguem lá do alto tinha enviado uma autoridade para me parar :D
E o policia amavelmente disse-me que olhasse para trás pois o bone do bebe tinha caido no passeio...
Nem queria acreditar...O boné caiu junto dos caixotes de lixo! E toca a voltar para tras, agora com a certeza plena que algo mais era esperado de mim...Mas o senhor entretanto já não lá estava...Na impossibilidade de fazer mais alguma coisa, deixei um euro no chao, junto aos sacos de lixo, quem sabe, para ajudar um outro alguem que por ali passe à procura de alimento...

A vida é uma serie de pequenos milagres e , no momento certo chegam as respostas que já estão no nosso coração (algumas respostas chegam fardadas e no carro da policia!:D). Apenas é preciso coragem para ouvir e agir... Sabendo que tanto, a miseria como a alegria dos outros são tambem um pouco nossas...E partilhando tanto o bom como o mau, a vida fica um pouco mais leve...

Fica a certeza que os gestos de generosidade não passam sem reconhecimento. E às vezes, recebemos o retorno, antes de agirmos, uma prenda antecipada. Foi isso que o amavel policia, que podia ter continuado o seu caminho sem me ajudar (como eu fiz com o senhor junto ao lixo), mostrou-me.

Somos um instante neste mundo...Que sejamos um instante de Luz...

Ladies night


Pois é! Após um mês de pxo , la vi a lua da meia-noite! :D

Fomos comemorar o aniversario duma amiga.
Juntaram-se as profetas quarentonas (e a semi-profeta aspirante a quarentona) e foi muito fixe. O ambiente no Cais Café parecia um arraial, com direito a chuva e tudo! Um must!!!
Achei fascinante aquela miudagem toda, ainda toldada de sonhos, como eu um dia já fui...Em busca de amor, amizade, sonhos simples com um coração cheio... Lembrei-me dos tempos que dançava uma noite inteira como se não houvesse amanha, feliz, so por existir, livre e igual a mim mesma...

Claro que estar com as quarentonas é que foi fabuloso. Quarentona usa unha comprida, batom vermelho, salto alto e dança em qualquer lugar. Quarentona é descomplicada, ri das loucuras do dia-a-dia, das ironias da vida, com a nobreza de quem já apanhou tanto da vida que sabe que tudo se cura, tudo passa...Guerreiras , as minhas amigas, com suas historias sofridas, e a força da esperança que o amanha sera melhor, com um espirito de entre-ajuda e solidariedade feminina.

O contraste das gerações foi um misto de passado com futuro...
Eu que ainda estou nos "intas" quase a entrar nos "entas" acho guardo o melhor dos dois mundos...Com o meu tonzinho de menina, trancinhas xamanicas e coração de mulher...
Todo o percurso que me trouxe até aqui, bem doloroso nos ultimos tempos, e sem anestesias, fez-me pensar que as minhas cicatrizes são as minhas marcas de coragem. E se consegui sobreviver a tudo , com o apoio de poucos mas excelentes amigos, do que não serei capaz daqui para a frente :-)

E , de volta às rotinas maternais, que também são uma delicia, aguardo por uma outra lua da meia-noite.

PS. Hoje é dia de vibração dupla na numerologia. É aproveitar para fazer algo bem especial!