I Still Believe


Este miudo tem uma historia curiosa.
Nasceu no interior da Inglaterra e começou a tocar guitarra aos 9 anos. 
Por influencia do pai começou a ler os Upanishads aos 16 anos e a se identificar com as descrições da Transcendencia. Era o que sentia nos momentos em que estava na Natureza a deixar a musica fluir.
Como não se identificava com a sua cultura (europeia) decidiu ir à India e atravessou o pais de norte a sul. Adoeceu gravemente durante a sua viagem mas tirou uma liçao de gratidão.Tanta coisa basica que temos como garantidas neste lado do mundo, tão simples como a comida ser segura ( e não nos fazer adoecer).
Encontrou o seu mestre espiritual e o seu dharma. Deixar a musica revelar-se e inspirar os outros que é possivel viver noutro estado vibracional.

Neste tempo em que a violência é uma constante nas noticias e muitas vezes ao nosso redor é tão bonito conhecer estas pessoas tão sintonizadas com algo maior. Nenhuma forma de expressão é menos sagrada. Os intelectuais, os construtores, os professores, os artistas, todos são igualmente importantes...

Mas que existem pessoas com uma Luz diferente, existem...

Comentários

Anônimo disse…
me too... :)

Postagens mais visitadas